Os vazamentos domésticos, que muitas vezes são invisíveis e difíceis de identificar, podem provocar grandes transtornos. Além disso, o impacto no uso consciente de água é enorme. Litros e mais litros que poderiam ser destinados ao uso das famílias são perdidos em meio a descargas desreguladas e canos danificados.

O desperdício gera um problema para toda a sociedade, mas também pode repercutir diretamente no seu bolso. O volume que é desperdiçado nos vazamentos continua sendo computado no hidrômetro e pode fazer um estrago na sua conta de água.

Dá para agir antes que o problema tome uma proporção maior. Em vez de esperar aumentos expressivos na sua conta de água para investigar se algo vai errado, realize testes regulares na rede de tubulações da sua residência e previna dores de cabeça.

Confirmou o vazamento?

A dica é não demorar para procurar um profissional especializado que possa realizar o reparo. A agilidade na solução do problema faz muita diferença. Para você ter uma ideia, um vazamento de 2 milímetros em um cano da sua casa é capaz de desperdiçar 96 mil litros de água no período de um mês. Melhor não deixar para depois, né?

Depois do reparo, faça a leitura do hidrômetro no mesmo horário durante três dias para se certificar de que o problema foi resolvido.

Não deixe o conserto para depois

Uma descarga desregulada desperdiça 20 litros de água toda vez que é acionada. Um cano com vazamento de 2 mm escorre 96 mil litros de água em um mês e uma torneira gotejando perde 40 litros de água por dia..

E quando o vazamento é na rua?

Quando o vazamento ocorre fora da residência, a responsabilidade pelo reparo passa a ser da concessionária que opera a rede de abastecimento.

Sempre que identificar alguma ocorrência do tipo, você deve notificar a empresa que presta o serviço de água para que providencie o conserto.

Por aqui, a gente reuniu algumas sugestões de testes simples e rápidos que você mesmo pode fazer para identificar vazamentos de água na sua casa e parar de vez com o desperdício.

Identifique os vazamentos e contribua para o fim do desperdício

1. Faça uma avaliação na sua residência

Faça uma avaliação geral!

 

Alguns pontos da casa ajudam a denunciar com mais facilidade a ocorrência dos vazamentos. Avalie o funcionamento de chuveiros, torneiras e vasos sanitários. Chame um técnico quando identificar mau funcionamento ou sinais de umidade nas paredes próximas aos equipamentos. O que você deve checar:

  • Aparelhos sanitários
  • Torneiras
  • Chuveiros
  • Registros
  • Válvulas de descarga

 

2. Cheque seu hidrômetro

Cheque o hidrômetro

 

Feche bem torneiras, chuveiros e não utilize vasos sanitários ou máquina de lavar roupas. Na sequência, confira a medição de seu hidrômetro. Se ele estiver girando mesmo sem nenhuma utilização de água, pode haver vazamento em algum lugar.

 

3. De olho na caixa d’água

Observe a caixa d’água

Às vezes, a origem do vazamento pode estar na caixa d’água. Faça o teste e contate um técnico para reparos caso confirme o problema.

  1. Feche o registro de saída do reservatório.
  2. Feche completamente a torneira da boia.
  3. Marque no reservatório o nível de água.
  4. Aguarde uma hora e verifique o nível da água. Se o nível baixou a partir da marca, existe vazamento.

4. Teste também os vasos sanitários

Faça um teste nos vasos sanitários

  1. Seque a louça do vaso sanitário.
  2. Com tinta, um pedaço de linha ou papel higiênico, faça um risco na área seca do vaso, logo acima da água,
  3. Aguarde 30 minutos.
  4. Se a tinta estiver coberta, ou a linha ou o papel higiênico estiverem molhados, existe vazamento.

Atenção! Para fazer este teste, utilize luvas de borracha.

 

5. Infiltração e umidade? Cuidado com os sinais

Rastreie vazamentos na rede de encanamento da casa

Infiltrações e umidade em paredes e pisos ajudam a denunciar vazamentos nos canos que distribuem água na sua residência. Faça o teste abaixo para confirmar a suspeita.

  1. Feche todas as torneiras e não utilize os banheiros.
  2. Trave a boia da caixa d’água e marque o nível de água.
  3. Aguarde duas horas e verifique o nível da água.
  4. Se o nível baixou a partir da marca, existe vazamento.

 

6. Cheque todas as entradas de água

Identifique vazamentos nas instalações abastecidas diretamente pela concessionária

 

Algumas torneiras e mangueiras da residência podem ser abastecidas sem a intermediação da caixa d’água, recebendo volume diretamente da rede externa. Nestes casos, procure a concessionária que presta os serviços de água na sua cidade para receber orientações. Faça o teste:

 

  1. Encha um copo d’água.
  2. Feche o registro.
  3. Abra uma torneira e espere até a água parar de correr.
  4. Coloque o copo cheio de água na boca da torneira.
  5. Se a torneira sugar a água, existe vazamento.

 

Evite sustos na conta de água! Realize as vistorias e testes e, caso suspeite de algum vazamento, lembre-se de notificar a empresa que presta o serviço de água para que providencie o conserto. Contamos com você!

O que você achou deste conteúdo? Siga nossos perfis nas redes sociais para não perder nenhuma novidade! Estamos no FacebookInstagramLinkedInTwitter e YouTube.