A água tratada que é consumida nas casas passa por um longo percurso antes de despontar na boca da torneira. Nas cidades que contam com uma rede de abastecimento adequada, a água é captada nos mananciais e submetida a diversos procedimentos de filtragem e desinfecção, para só então ser distribuída para as residências.

A realização de um processo de tratamento desde a captação em rios, lagos ou poços é fundamental, principalmente para a saúde da população. Isso porque, com frequência, a água dos mananciais está contaminada por vírus, bactérias e impurezas capazes de disseminar inúmeras doenças, que vão desde cólera até gastroenterite.

O ideal é que o ciclo de saneamento não pare no abastecimento. Nas cidades que já contam com rede de esgoto, os resíduos da água que foi utilizada em casas e residências escoam para uma rede de coleta e depois para a estação de tratamento de esgoto, onde passam por novas etapas de higienização e podem ser lançados de volta ao ambiente sem causar danos à natureza.

Hoje, estima-se que 83,3% da população brasileira já tenha acesso à água tratada. O desafio está em universalizar essa oferta e também os serviços de esgoto, que ainda se restringem a 51,92% das pessoas.

Captação em poços x mananciais

Cada município adota diferentes técnicas para realizar o seu tratamento de água, de acordo com as características e necessidades específicas de sua rede de abastecimento. Quando a captação acontece em poços, o tratamento é mais simplificado, com a adição de flúor, para prevenção à cárie, e de cloro, para destruir microorganismos causadores de doenças.

Nos casos em que a captação é realizada em rios e lagos, o mais frequente é que a água seja direcionada para uma estação de tratamento de água (ETA). Por aqui, nós reunimos algumas etapas mais frequentes dentro do funcionamento de uma ETA, para que você conheça pelo menos um pedaço do caminho que a água faz até chegar à sua casa.

Circuito de tratamento de água

etapas do tratamento de água dentro de uma estação

1. Captação

A água é captada em rios e mananciais, ainda com resquícios de sujeira e bactérias.

2.Adução

Por meio de bombas, leva a água captada até a ETA.

3.Coagulação

Consiste na adição de sulfato de alumínio à água captada. Esse produto favorece a união das partículas e impurezas da água, facilitando a remoção na decantação

4. Floculação

Etapa na qual a água é submetida à agitação mecânica, para que as impurezas formem flocos maiores e mais pesados.

5. Decantação

Nos tanques de decantação, os flocos de impureza afundam e são separados do restante do líquido.

6. Filtragem

Filtros formados por camadas de areia grossa, areia fina, cascalho, pedregulho e carvão promovem a completa remoção dos últimos flocos de resíduos.

7. Desinfecção

Água recebe adição de cloro, flúor e controle do PH.

8. Reservação

A água filtrada e tratada na ETA é armazenada em reservatórios para ser distribuída para a cidade.

Manter sua casa ligada à rede de abastecimento da sua cidade é uma boa forma de garantir a qualidade da água que será consumida pela sua família.

Colabore com o saneamento da sua cidade e contribua para a oferta de água tratada para todos.

O que você achou deste conteúdo? Siga nossos perfis nas redes sociais para não perder nenhuma novidade! Estamos no FacebookInstagramLinkedInTwitter e YouTube.