Nem todo mundo sabe, mas a rede de coleta de esgotos brasileira foi projetada para receber 99% de material líquido e somente 1% de sólidos. Isso significa que qualquer papel, aparelho de barbear, preservativo, ou até um simples fio dental descartados indevidamente, seja em ralos ou em vasos sanitários, podem ser a “gota d’água” que faltava para a obstrução de uma tubulação.

Para você ter uma ideia, uma tampinha de pasta de dente que escorra pelo ralo já contribui para o bloqueio do caminho de esgoto, impedindo que ele chegue à estação de tratamento. Isso acontece porque as tubulações da rede de esgoto são estreitas. Uma tampa sozinha não obstrui a passagem, mas, uma vez que não é capaz de se dissolver na água, começa a enroscar-se com outros objetos lançados indevidamente na rede até provocar o entupimento. Todo cuidado é pouco com o lixo no esgoto.

Esgoto não é lixeira: Óleo de cozinha, Cabelo, Bitucas de cigarro, Cotonetes, Preservativos e Absorventes são os principais responsáveis por obstruções nas tubulações domésticas.Problemas causados pelo lixo no esgoto

O entupimento da rede de esgoto gera inúmeros problemas, que vão desde o extravasamento, com o retorno do esgoto para as residências, até a ruptura das tubulações, o que representa um prejuízo e tanto para o correto funcionamento do sistema de saneamento da sua cidade. Mesmo quando não há a intenção de despejar lixo no esgoto, a desinformação e a falta de atenção em certas atividades corriqueiras podem causar transtornos para todos.

Só para citar alguns exemplos, o óleo que escorre pela pia da cozinha enquanto você lava louça e os fios de cabelo que se acumulam no ralo do banheiro após o banho são dois dos principais vilões das tubulações que formam as redes de coleta de esgoto no país. Você pode fazer a sua parte para evitar todos esses problemas.

Como prevenir o entupimento da rede de esgoto

Não descarte o óleo de cozinha na pia ou no vaso sanitário

Nada causa mais estrago a uma rede de esgoto do que a presença de gordura. Depois que esfria, o óleo que era líquido vira um bloco sólido capaz de se fixar nos canos. Com o passar do tempo, o acúmulo de gordura só cresce, o que vai reduzindo o espaço para a passagem do esgoto até provocar a completa obstrução do encanamento.

Você pode adotar iniciativas que previnem o problema. A primeira delas é a instalação e manutenção da caixa de gordura na tubulação que recebe a água da sua pia de cozinha. A caixa é uma pequena estrutura que retém a gordura e outros dejetos sólidos ao mesmo tempo em que abre passagem para os líquidos que serão lançados na rede de coleta.

Mas fique ligado. Só instalar a caixa de gordura não é suficiente. É fundamental realizar a manutenção do equipamento, fazendo uma limpeza a cada seis meses, para que ele continue com um bom funcionamento.

Mesmo quem já instalou a caixa de gordura precisa evitar o descarte de óleo na pia. Preparou uma fritura para o almoço? Guarde o óleo em garrafas pet e faça o descarte em postos de coleta na sua cidade.

Cuidado com o fio dental

Ele pode parecer inofensivo, mas é capaz de causar um verdadeiro estrago no sistema de coleta de esgoto. Quando lançado no vaso sanitário ou no ralo da pia, o fio dental passa a funcionar como uma rede, mais ou menos como a tampinha de pasta de dente do início do texto. Ele começa a enroscar e concentrar outros dejetos ao seu redor até provocar o entupimento da rede.

A solução aqui até que é bem simples. Fio dental usado tem que ir pro lixo.

Segura esse cabelo

Sifão de pia e ralos de banheiro sofrem com o amontoado de fios de cabelo que vão se enroscando até tornar impossível a passagem do esgoto. É muito difícil evitar completamente o acúmulo de fios de cabelo nestes espaços, mas alguns cuidados ajudam.

Não abra mão do uso de grelhas no ralo do banheiro e de grades nos canos das pias. Depois do banho, lembre-se de limpar o ralo, remover o acúmulo de fios presos e jogá-los no lixo.

Lixo no lixo

Cotonetes, cigarros, absorventes, camisinhas e embalagens são as principais causas de entupimento dos vasos sanitários. Uma mudança simples de atitude já ajuda a evitar inúmeros transtornos para você e também o descarte incorreto de lixo no esgoto. Utilize a lixeira do banheiro para descartar esses objetos e contribua para o bom funcionamento de toda a rede de saneamento.

Como costumamos falar por aqui, suas atitudes têm um impacto muito grande para o bom funcionamento dos sistemas de saneamento. Ter consciência dos efeitos positivos para a sociedade de se fazer a ligação de esgoto corretamenteconsumir água com consciência, por exemplo, é o primeiro passo. E você, que boas práticas relacionadas ao saneamento aplica na sua vida? Conta pra gente nos comentários!